quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

40º dia: de Puerto Maldonado a Rio Branco

LUÍS:

Sim, Rio Branco no Acre. O Acre existe e eu vi com meus próprios olhos. Brincadeiras à parte, deve ser complicado viver ali, pois chove muito, muito, muito...achei que até ia me enferrujar!


Acordamos cedo, mas nem valeu a pena. Fiquei enrolando na cama das 7 às 8.30 pelo menos.

Chovia, torrencialmente para ser mais específico. Andar de moto nessas condições? Nem sonhar.

Enrolei até cansar e ver que precisávamos sair, pois nesse dia teríamos umas 8h de estrada, cruzaríamos uma fronteira e teríamos um trajeto meio travado até Rio Branco.

Então resolvemos montar as coisas e colocar a roupa assim mesmo, com todas as proteções contra chuva, é claro.


Saímos debaixo de chuva e seria assim o dia todo praticamente. Até o passaporte foi molhado nessa brincadeira.



Andamos...debaixo de chuva, todo mundo abrigado e nós lá na chuva. Ainda bem que a capinha protege um pouco. Não resolve tudo, pois chega uma hora que a gente encharca, mas ajuda muito, em especial a calça.

Um dos poucos momentos de sol do dia. Choveu tanto que até lavou a moto. Consegue ver?

É, não tá tão limpa assim...rs


Agora presta atenção na foto abaixo. Olha para a placa do posto e veja que tem uma mocinha bem vestida que é a frentista que vai encher o tanque da moto.



Só que quando eu chego lá não tem gasolina e vem essa tia gordinha de avental abastecer.


Que propaganda enganosa!!!

Sem gasolina e sem mocinha de bikini pra abastecer! Só a tia gordinha de avental pra falar que acabou a gasolina!

Mais adiante, na fronteira saindo do Peru.


Muito trabalho ali sabe...tinha um monte de cadeira, uns 4 fiscais da aduana e só 1 trabalhava de verdade.


Já do lado brasileiro....só uma policial federal para conferir os passaportes. Ainda bem que a fronteira não é movimentada e ainda mais por conta da chuva, tinha só a gente lá.

Molhado até a cueca!

Mais um breve momento de sol.

No entardecer, a sombra projetada da moto.
 
Em Brasiléia, no "Restaurante da Lu", paramos para almoçar e tinha churrasco!

O prazer da carne...
Hum.....comida brasileira!


Ist feliz matando a fome

Mas o pneu tava acabando...lisinho no meio

Veja no detalhe, sem cravo na banda de rodagem. Foda...
O por do sol também é bonito aqui em Rio Branco
Palácio do Governo em Rio Branco/AC
Veja como as coisas são engraçadas.

Há uns 2 ou 3 anos atrás havia falado com um amigo de infância que estava morando longe, tipo Rondônia, Acre...coisa assim. Depois achei ele no Facebook e acompanhamos de longe a vida um do outro.

E hoje naquele lenga lenga pra sair da cama vi um post dele falando que a água tava subindo em Rio Branco. Pensei....kct meu, ele ta no Acre?

Sim, o Everton/Pigmeu estava morando no Acre!

Contatei ele e conseguimos sair para jantar, com a Maria Luísa que estava com sono e a mamãe Renata paciente que só ela.






Ele está careca e eu estou gordo. Podia ser pior, ainda bem não estamos carecas e gordos ao mesmo tempo!

Belo passeio e reencontro!

Depois, cama!!! ahhhhh, esqueci de falar!

Olha só a nossa cama do "hotel":

video

LUCIANA:

Mais um longo dia!

Acordar com chuva não dá vontade de sair da cama, ainda mais com ar condicionado.
Mas quando se tem muitos km a frente, não tem querer!

Nem deu pra tomar café da manhã, então comprei um mini pacotinho com Óreo. Nada saudável para um desjejum mas era o que tinha! (saudades da banana com aveia e leite)

Andamos umas 3h na chuva praticamente e foi tempestade mesmo!
Nem me mexia mas apesar da roupa de proteção, me molhei demais.

Quando chegamos em Brasiléia para almoçar, não conseguia nem tirar as roupas de tão molhada.
Aquela humilhação! hahaha

;.~´p9 ~p´nMas tudo compensou quando comi salada, macarrão, farofa e bife de verdade! Que saudades da comida do Brasil!

Andamos, andamos e andamos e chegamos em Rio Branco no nosso hotel que tem vestígios de um passado que o condena (vide vídeo) e fomos jantar japonês com os amigos Prudentinos que moram aqui no exterior! Acre não é Brasil gente!
3h de diferença de horário e cercado por água.
O sotaque aqui é uma mistura de mineiro com nordestino em geral. Diferente!

Tivemos uma noite muito agradável e descansamos encolhidos no colchão redondo! rs


4 comentários:

  1. agora o zoom ajudou na foto do pnewu..hahah...

    ResponderExcluir
  2. Vai ser bem legal a BR364...cuidado com as VALAS no asfalto feitas pelos caminhões...muuuuuuuitos caminhões! Bom retorno, voltem com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Sensacional!!

    Cara!! Everton (vulgo TÉD) meu amigo também, estudamos no IEzão!! e fiz faculdade na FIPP, mas não era da mesma turma que ele!! Fui professor dele no futebol e truco, ahuahuahuahu!! Gente boa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professor no futebol e truco? kkkkkk fico imaginando o pigmeu/ted jogando truco com os pezinhos balançando porque a cadeira é alta hehehehehehe

      Excluir